Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

os muros de Pequim

em cima da porta passa o rio
você não suporta o desafio
de olhar o quadro que pintei
a exuberância dos costumes
foi o que me fez buscar
pelos muros de Pequim
e pelas figas de Guiné
mas prefiro Maquiné
e as grutas da Joana
tão brilhosas e sedosas
como pingos de algodão
pego a minha espingarda
mas me esqueço do cantil
tô febril, tô meio mole
pareço um gelatina
me espera na esquina
com uma colcha de sabão
Aluizio Rezende
Enviado por Aluizio Rezende em 10/08/2006
Código do texto: T213012

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluizio Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
6596 textos (144478 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 09:18)