Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nada .

Autor: Daniel Fiúza
06/04/2005

Nada
Coisa nenhuma
O vazio.
Espaço éter
Vácuo profundo.
Silêncio abissal
Nenhum som
Como no útero materno
Ou nas profundas do mar.
Na escuridão da avenida
Nada de vida.
Entre o nada distinto
E o nada sucinto
O nada que sinto.
Um nada mudo
Um nada tudo
Nada de emoção
Na imensidão
Do nada.

Quem de vocês
Com altivez
Pelo menos uma vez
Consegue vislumbrar o nada
Com tamanha nitidez?

Domfiuza
Enviado por Domfiuza em 15/08/2006
Código do texto: T217439
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Domfiuza
Santa Barbara D'Oeste - São Paulo - Brasil
1103 textos (142716 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 06:16)
Domfiuza