Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CINZA





No silêncio quebrado
Da noite
Que o latir dos cães
Propõem
E o frio nocturno
Acentua
No rio a prata
Nos olhos a lua
Azuis pálidos
E esmaecidos
Que dos muros de pedra
Granítica
Se estão soltando
E que como sombras
Fantasmagóricas
No chão deslizando
São já estes animais
A meus olhos presença
Por buscá-los
Certeza nos olhos
Dou por findo
O cigarro
O travo
Com que redefino o silêncio
No regresso
Ao mais interior
Do quarto
Solidificado


Jorge Humberto
(12/07/2003)
Jorge Humberto
Enviado por Jorge Humberto em 20/08/2006
Código do texto: T221094
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Humberto
Portugal, 50 anos
2622 textos (66669 leituras)
22 áudios (937 audições)
13 e-livros (541 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 04:58)
Jorge Humberto