Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poesia Turva

Navengando solitariamente
Em um mar de pensamentos nebulosos
Onde as palavras são sinais secretos
Consegui suspirar antes de ser enforcado

Em janeiro quando a terra povoa-se
De livres pássaros empalhados
E a morfina silencia a rotina
Eu sou o último dos seus cavaleiros modernos

E adoraria esperar a alvorada
Em teus seios e longos braços
Mas acontece meu amor
Você não existe mais

Lenilson Alpino
Enviado por Lenilson Alpino em 05/09/2006
Código do texto: T232950
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lenilson Alpino
Maceió - Alagoas - Brasil, 29 anos
64 textos (3013 leituras)
8 áudios (372 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 07:50)
Lenilson Alpino