Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                              UMA CASA CHAMADA SOLIDÃO...

UMA CASA,
JANELAS,
PORTAS......

EM CADA JANELA
UM MISTÉRIO
E ATRAS DELA
ALGO ETÉREO...

EM CADA PORTA
UMA PASSAGEM
PRA OUTRA MARGEM
POR VIA TORTA...

APÓS A PORTA
HA UMA RUA
ONDE MORA
NUA E CRUA
A DOR!

E LÁ, O QUE SE COME,
O QUE SE BEBE
É FOME,
FOME DE AMOR...

SOBRE A MESA
   A DOR!
E UMA JARRA VAZIA,
QUE MAIS SE ENCHE,
MAIS SE ESVAZIA...
 NESTA CASA
A JANELA
DE COR AMARELA
TEM CORAÇÃO!
CORAÇÃO EM BRASA,
AMOR REQUENTADO
NO FOGÃO...

 NESTA CASA 
HA UMA PORTA
POR ONDE SE RESPIRA
E A PAREDE... ESTA, SUSPIRA
VELHOS AMORES
AMORES AUSENTES
QUE PELA PORTA DA FRENTE,
GANHARAM MUNDO, INDIFERENTES!

E A CASA  AGORA,
É COMO PORTA-RETRATO,
JÁ NÃO CHORA
SÓ GUARDA O FATO....
MAS... AS JANELAS
  PAREDES,
E PORTAS...
AH! ELAS,
COMO VEDES
NÃO ESTÃO MORTAS....
Teca
Enviado por Teca em 14/09/2006
Reeditado em 06/11/2007
Código do texto: T240204

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar a autoria de Teca e o site www.recantodasletras). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Teca
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil
1120 textos (122829 leituras)
5 e-livros (1459 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:54)
Teca

Site do Escritor