Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O noturno surrealismo.




Flutuava  num mar de nanquim
A lua gravitacionava...
Acordes na brisa orvalhada
As sombras refletidas
O pigmento do meu corpo
Prateado na madrugada
Um tempo entreaberto na mágica
Transcendental, meu peito
Lagrimas de cristal
As estrelas no espelho do mar
Alimento de uma sedução
Uma linda flor nascida
No calor  do meu vulcão
Ouvia um canto de sereia
Numa ilha de segredo
A força da paixão
Na maré alta da solidão
Transe na emoção
Em vasto espaço
Criado no coração
A perfeita harmonia
Um sonho louco seria?
No afã do quarto
A quimera traduzia
A palavra desafiava
E pôs em mim
Conter...
Essa inspiração.
Condor Azul
Enviado por Condor Azul em 16/09/2006
Código do texto: T241794
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Condor Azul
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 54 anos
721 textos (26292 leituras)
1 áudios (175 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:06)
Condor Azul