Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Como uma Deusa...

  Como uma "DEUSA" você me mantém...
  Mas se eu puder optar,
  Gostaria de ser eu mesma, meu bem!

  Sou lebre, gosto de viver leve, livre e solta,
  E essa minha liberdade te incomoda também!
  Preso por ela e por nascer livre, digo AMÉM!

  Enquanto nesta vida eu tiver força...
  Pretendo ser útil a alguém...
  A vida é muito curta e eu quero curti-la como ninguém.

  Se eu me tornar dependente dos seus caprichos...
  Com certeza não mais me respeitarás,
  E a coisa irá mais além!

  A situação entre nós já está de pernas para o ar...
  De um tempo com o teu egoísmo,
  Se me gostas mesmo saberás me esperar, vê se criar juízo!

  Amar, é: Fazer outro muito feliz,
  Amar, não é: Fazer de um coração, teu prisioneiro!
  Amar, é: Ter sentimentos de um amor verdadeiro,
  Amar, não é: Cosumir o ser amado por inteiro!

  Talvez queiras o melhor para mim...
  No fundo acho até maneiro...
  Mas, na minha humilde opinião...
  Um amor construído com sabedoria fica lindo...
  Vale muito mais que qualquer dinheiro.

  Sei que ninguém me entenderá...
  O que todos irão pensar?
  O que será que ela quis dizer com esse pisca-pisca
  Dando um alerta geral como um sinaleiro?

  Não importa! Sei que estou escrevendo dessa vez...
  Um texto surrealista, por isso ser de incógnitas...
  Não devo me revelar por inteiro...
  Um pouquinho de suspense...
  Não faz mal a ninguém...pelo contrário...
  Aguça a mente do leitor brasileiro.
Pretacosta
Enviado por Pretacosta em 24/09/2006
Código do texto: T247851
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Pretacosta
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 64 anos
236 textos (32730 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:05)