Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rainha das Ilusões

Um ser...
Sozinho meio a humanidade...
Sozinho meio a si mesmo...

Um ser...
Completo meio a humanidade...
Completo meio a si mesmo...

Um ser...
Amante das paixões...
Amante das felicidades...

Um ser...
Aprisionado no amor...
Livre nas paixões...

Um ser...
Aprisionado na sociedade...
Livre na escuridão...

Este sou eu na esquina...
Este sou eu cantando...
Este sou eu amando...
Este sou eu, morrendo...

É na luz do poste que canto ao mundo
Todas as angústias e paixões de uma vida

Todos os muros derrubados
Todas as palavras cortadas
Todo pecado apagado
Toda iluminação abominada

Cantam-me maldições e perjúrios
Cantam-me intrigas e repressões
Cantam-me o mal e o ódio
Cantam-me a infelicidade e a ilusão

E eu vocifero, vomito e escarro
Vocifero as palavras de fogo
Contra demônios e falsos anjos
Vocifero a tu, maldita alma

Maldita seja tua boca e olhos
Maldita seja tua máscara e alma
Maldita seja tua veia
Maldito fruto tenha teu ventre...

E bendito seja meu amor
Gorjeado por anjos
Livre de tua mão
Salvo pela brasa que consome meu corpo

Este sou eu na esquina...
Este sou eu cantando...
Este sou eu amando...
Este sou eu, morrendo...
Renan Reis
Enviado por Renan Reis em 29/09/2006
Código do texto: T252402
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Renan Reis
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 29 anos
24 textos (60156 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:52)
Renan Reis