Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Parafusos

Não me acho no semblante
da abóbada estelar.
Se a chuva me molhar,
me emudeço num instante.

Meu prazer mais radiante
é andar pelo caminho,
mesmo se for intrigante
percorrê-lo tão sozinho.

Vou entrando, sou intruso,
no pedaço da madeira:
me acomodo – o parafuso
quer viver a vida inteira.

Minha cor, um tom pastel;
meu sorriso, um fogaréu
incrustado na maçã,
esperando o amanhã.

Serpenteio a ferramenta
até onde ela me agüenta.
Caio mole no tapete,
espeto a bunda no alfinete.

Meu humor num tom blasé,
não espero por você.
Amanhã na capital.
te procuro no jornal.

Você fala e nada diz .
e não traz o que eu quis.
Eu me sinto corrompido,
mas eu gosto e faz sentido

segurar a tua mão
mesmo que a solidão
seja uma chave de fenda
que me aperte e me ofenda.

Lá na curva do riacho,
eu já sei que não me acho.
Me machuca o vaticínio.
que elimina o raciocínio.

A pobreza da paixão,
que me obriga a dizer não
às trombetas da miragem
da mais pura sacanagem.

Cobertura de madeira,
ponho a mão na frigideira
que não crê que tem astúcia.
esse bicho de pelúcia

E eu me atiro no urinol,
pendurado pelo anzol,
que me aflige a consciência.
não tolero a imprudência.

Gosto de lembrar você
nesse meu humor blasé,
que não vale um tostão,
nem a sopa de agrião

que jamais eu ingeri,
nem quando me travesti
de soldado da opulência
no vigor da inocência.

Quero a chuva de verão,
quero a força da expressão,
quero a puta madrugada,
que não vai servir pra nada...


Rio, 16/02/2006
Aluizio Rezende
Enviado por Aluizio Rezende em 04/10/2006
Reeditado em 04/10/2006
Código do texto: T255774

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluizio Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
6596 textos (144501 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:26)