Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sombras

Me vi na duplicidade de uma sombra
tantas sombras e sobras
nas sobras de imaginar-te
na sombra das sombras
eu seguia sem conseguir o silêncio pra penasar,pensar
selecionar mensagens
pra esta sociedae imoral
mortal
nesta publicação de seres pragmáticos assim como se ama o silêncio,
tranbordando paciência eu sempre estive lá.
Ao lado do choro sem fórmulas amando-te
No silêncio.
Me apuro
me observo cheirando flores adimensionais suaves e raras.
Na eternidade de meus sonhos flutuantes.
 
MARIA DE FÁTIMA BORGES MAGALHÃES
Enviado por MARIA DE FÁTIMA BORGES MAGALHÃES em 29/10/2006
Código do texto: T277007
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MARIA DE FÁTIMA BORGES MAGALHÃES
Belém - Pará - Brasil
106 textos (1880 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:40)
MARIA DE FÁTIMA BORGES MAGALHÃES