Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MARCOLINO ARREMETADOR

MARCOLINO ARREMETADOR
(Goulart Gomes)

Marcolino esbronhava-se com veemência
isso era peremptório.
O impositório do impossível lhe ridicularizava.
Celeste, furtiva
esquiva, dissimulada feito Capitu
escoiceava.
Não que não pretendesse,
tinha seus eivos,
suas inclinações ao tentatório,
um bruto que a abastava
e bugrinhos chucros entremeando-lhe as pernas.

Essas coisas de querência tem mais vidas que gatos remelentos;
ano pós ano sucedia-se
e aumentava o desejo, o medo.

Ele abalroava, insistia, tentava...
e se consumia.
Celeste habitava os seus particulares:
banho de rio, sono gozoso, escuro,
fim-de-semana à toa
umedecia-lhe as cuecas, surgia à mesa
habitava revistas
suecas e dinamarquesas.
À noite, com damas de luzes vermelhas
e cortinas de contas coloridas
comia Celeste no imaginário.

Evidenciava-se em mimos
e quinquilharias
presenteadas com afeto incomum,
quase dois lustros.

Ela imaginava, ardia, recuava
debatia-se em dúvidas de cio
sua própria seiva exigindo
lutar ou fugir.

Certo dia findo
o destino ou outro qualquer fantasma
confronta-os numa trilha
de poucos passos pisada.

O terminativo é indefinível.
Uns falam que nesse dia impreciso
uma fragrância mágica cobriu a cidade
outros dizem que uma chama brilhava
nos ventres, implorando sêmens
terceiros acusaram uma sede só saciável
em ângulos, retos ou curvos.

Marcolino e Celeste jamais se reviram.
Encontros e desencontros não se explicam.
Fato é que em um somaram os dias
que poderiam dividir
e as águas salgados do lago brotado
no meio da trilha
até hoje tem poderes de Afrodite.
Extinguiram-se, danaram-se
e marcaram na alma a pele do outro
eternizando a matéria.

Um pôr-do-sol não se repete.
Goulart Gomes
Enviado por Goulart Gomes em 21/11/2006
Reeditado em 23/01/2010
Código do texto: T297664
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Goulart Gomes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Goulart Gomes
Salvador - Bahia - Brasil, 51 anos
431 textos (1081280 leituras)
4 áudios (1959 audições)
14 e-livros (27878 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:05)
Goulart Gomes

Site do Escritor