Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FRENTE E VERSO




   Banho de chuva
   Banho de açude
   Bola de borracha
   Bola de gude
   Bala de goma
   Bala de borracha...
   Bala mata fome?
   Fome de bolacha
   Fome de fama, grana...

   Sou só um sutiã
   Vasio
   Como é que eu vou
   À luta?

   Quando eu morrer
   Deixem meu corpo
   No corredor

   E corram!


   S. Paulo, 18/11/2006
CORDEIRO de ITIÚBA
Enviado por CORDEIRO de ITIÚBA em 22/11/2006
Código do texto: T298028
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CORDEIRO de ITIÚBA
São Paulo - São Paulo - Brasil, 58 anos
531 textos (13662 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 05:50)
CORDEIRO de ITIÚBA

Site do Escritor