Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MATRACA (metralhadora)

A lata amassada que cata
Disputa brigando no tapa
O lixo maldito, na lama
Revira e remexe, de fome, na cama

Pisa descalço na terra
Rasgado, seguiu nesta guerra
“Morrido”, “matado”, ferido
E sabe que a vida é perigo

A fome maldita que mata
Na vida da gente maltrata
Larga menino a “matraca”
Segura, não asse a batata

A lata amassada que cata
Disputa brigando no tapa
Solte,menino, a matraca...
Sávio Henrique Pagliusi Lima
Enviado por Sávio Henrique Pagliusi Lima em 28/05/2011
Código do texto: T2998928

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sávio Henrique Pagliusi Lima
São Paulo - São Paulo - Brasil, 55 anos
138 textos (3587 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/10/14 07:30)
Sávio Henrique Pagliusi Lima



Rádio Poética