Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


metamorfosehumana.jpg


SEGUINDO A TUA METAMORFOSE...

 

Desvelando-te passo a passo,sigo tua sombra

Sou hoje um mero bardo plebeu que te assombra

Ainda influenciado por teu beneplácito amor

 

Vezes sou interpretado como um reles aredo

Que aninha em teu abrigo ,refém de Seu calor

Tentando desvendar todo o teu misterioso enredo

 

Tácita em teu doce modo de ser,me surpreendes

De viver altaneiro ,levemente és mulher ubíqua

Em teu corpo presente és lêda e  onipotente

 

Mesmo assim,me deixas as vezes como ser abjeto

Sentindo seu beneplácito amar,me sinto confuso

Louvo-te em meu amado querer neste trajeto

 

Numa "sine qua non" gentil ,sentida osmose

Absorvo teus sonhares como sendo os meus

Pois  sinto sempre em ti diária metamorfose...

 

 



Dely Damaceno
Enviado por Dely Damaceno em 11/08/2011
Reeditado em 11/08/2011
Código do texto: T3152763
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Dely Damaceno
Piracicaba - São Paulo - Brasil
1466 textos (40863 leituras)
4 áudios (845 audições)
7 e-livros (141 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 08:01)
Dely Damaceno