Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu não sei.


Pensamento que difunde,
Nos contínuos de espaço e tempo,
De uma era desencontrada,
E a sorte? Se é que existe,
Confusão de sentidos,
Sentimentos reflexivos,
Se difunde sem ser luz,
Mas ofusca a escuridão da ignorância,
É só se manter vivo e são,
“pitadas” de tristeza, dor e solidão,
Me perco em mim, me perco em só,
Difundo e reparto o meu sol,
Já era pra ser, mas não é assim,
Se eles vão ver? Não posso dizer,
Perigo é se esconder, perigo também,
Só vou lá, passar pra ninguém que reconhece,
Eu me mostro de lado, pra caber na tua viela,
Entre um “ele” e um “aquele”,
Confuso sempre difunde o que sei,
Não sou egoísta, leva o que quiser de mim,
Só me devolve quando for jogar fora,
Como eu vou saber?
O que é um sonho bom? Não sei dormir,
Eu não sei... Eu não sei.



 



 
Leo Magno Mauricio
Enviado por Leo Magno Mauricio em 12/08/2005
Código do texto: T42190
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leo Magno Mauricio
Guarulhos - São Paulo - Brasil
455 textos (14412 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:24)
Leo Magno Mauricio