Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONETO À INSANIDADE



Um mosquito incomoda muita gente
Mas um poeta incomoda muito mais
Uma chuvinha é muito importante
Mais um belo poeminha é demais


Um brinquedinho agrada o infante
Mas um poeta não vive entre normais
As letrinhas serão tortas doravante
Porque os gatinhos serão papais

Lá na serrinha tem um pé de abricó
Que há de frutificar no doce inverno
Quero mais o carinho da minha vovó


Quem espera sempre alcança ser feliz
Mesmo descendo as profundas no inferno
Faço nesta  vida o que sempre eu quis
Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 16/09/2005
Código do texto: T51110

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Denise de Souza Severgnini http://www.denisesevergnini.recantodasletras.com.br) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 57 anos
11345 textos (916728 leituras)
16 áudios (8882 audições)
311 e-livros (34110 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:43)
Denise Severgnini