Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Falsa Vida

Odor acre, que emana
mórbida estadia,
embriagado por mulher leviana....
de alma sandia.

teve a força do anima sugada
e o caráter adulterado,
da boca o escárnio da madrugada
e o gozo enlameado...

Vês, que prostitua a vida
e tola a ira,
de mundo implacável, a ativa
em falsa vida.

eis que no fio da navalha,
baila em teu pulso,
Arrependes-te em orgia canalha,
que de teu ser fez usufruto.

mas te arrependes?
ou te entrega,
desça do alpendre
e aceita a morte cega!!!!
Gustavo Fernandes
Enviado por Gustavo Fernandes em 15/10/2005
Reeditado em 15/10/2005
Código do texto: T59854
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gustavo Fernandes
Olinda - Pernambuco - Brasil, 34 anos
55 textos (2017 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:32)
Gustavo Fernandes