Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AUTOINDEFINIÇÃO

impossível dizer-te quem sou,
ou ao menos dizer-te se sou.
indefino-me em mutação:
o que era ainda há pouco
transforma-se nesse momento
no que no próximo instante
haverá de ser diferente...
sou imagem imprecisa
que teus sentidos ilude...
e se num golpe de esperteza
aprisionas-me na mão,
escorro-te por entre os dedos:
gargalho de ti no chão.

Rosane Coelho
Enviado por Rosane Coelho em 21/10/2005
Reeditado em 04/04/2007
Código do texto: T61814
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rosane Coelho
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 62 anos
883 textos (38594 leituras)
1 e-livros (108 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:06)
Rosane Coelho