Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pensamentos alados

Sinto – me totalmente livre, totalmente
Suspenso e sem qualquer obstáculo
Para me impedir de voar.
Sinto – me como se tivesse asas
Para subir num infinito particular,
No céu de quem me dessejas obter – me
Num súbito colapso e amargo querer.
De mim só resta as boas lembranças
De quando fomos anjos descobridores,
De desejos abundantes de um só lugar.
Lugar onde podíamos nos esquecer,
De um mundo que insiste nos devorar,
Prestes a roubar o conhecimento dos Homens.
Sei que somente hoje, prefiro acreditar na inocência
De um amor verdadeiro,
Do que na impureza de seres pulfetros,
Devoradores de fantasias e pensamentos alados.
Fábio Vinícius Alves
Enviado por Fábio Vinícius Alves em 25/08/2007
Código do texto: T623714
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fábio Vinícius Alves
Assis - São Paulo - Brasil, 30 anos
48 textos (1954 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 19:49)
Fábio Vinícius Alves