Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cachacira

Cachacira, deusa pagã
Senhora dos bêbados e noctâmbulos
Estou embriagado pela sua beleza
Indo-africana
Doce melaço de cana caiana
Princesa dos bares, ama dos amantes
Dançarina da noite que me envolve
Sou um poeta perdido em seus amores

Cachacira, deusa pagã
Rainha dos boêmios e vagabundos
Estou entorpecido pelos seus beijos
De pau-a-pique
Néctar destilado em alambique
Ladra dos lares, dama dos jogadores
Cortesã do cabaré que me contenta
Sou um trovador caído em sua luxúria

Mulher da vida
Da minha vida que não é minha
Cachacira, filha bastarda de Dioniso
Meu prazer é servir a sua vontade
Que confunde o inferno com o paraíso
Paulo Antonio Barreto Junior
Enviado por Paulo Antonio Barreto Junior em 03/09/2007
Código do texto: T636266
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Antonio Barreto Junior
Salvador - Bahia - Brasil, 46 anos
417 textos (6205 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 03:02)