Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POBRE NASCER

Noite gélida na soturna choupana
Onde humano é apenas o ténue calor
Do bafo que alastra na fedorenta cabana
E afoga em pranto a desumana dor.

O abrigo cercam apodrecidos taipais
Onde nem vela lacrimosa derrama luz,
Criança simples nasce como as demais
Na pureza singela da Natividade de Jesus.

Pelas frinchas do colmo de palha e lama
Em dança suave entra neve branca e fria,
Acumula nas rochas que servem de cama
E nos imundos recantos da casa vazia.

Abafados e emudecidos pelo vento norte
Gritos chorosos de voz débil e rouca
Soam nas penedias de silêncio de morte

E ecoam nos tojos do monte perdido
Como magia que enche de coisa pouca
A casa do menino na pobreza nascido!...
José Rafael
Enviado por José Rafael em 26/10/2005
Código do texto: T63834
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Rafael
Portugal
39 textos (1815 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 11:45)
José Rafael