Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu avesso contraditório

 

Quisera um dia saber

De qual matéria fui feita.

Mas, procuro me conter,

Que a falar, não sou afeita!

 

Às vezes, sou Alegria,

Em outras, a Tristeza.

Sou a variante do dia

Sou Escrava e Princesa!

 

Sou avessa, aleatória,

Não sei bem me definir...

Sei que sou contraditória

E das dores sei sorrir!

 

Um dia, quero voar

E conhecer outros mundos!

No outro, quero ficar

E viver um amor profundo!

 

Sou real e fantasia,

Tenho sonhos e ilusão.

A timidez e ousadia,

Habitam meu coração!

 

Sou assim, não vou mudar

Pois o escrito não prescreve.

O que Deus soube criar

A mover, ninguém se atreve!

 

Porém amo, é verdade,

Alguém que quero, em segredo,

Pois não me sinto à vontade

De revelar, tenho medo!

 

Medo de ser desprezada,

De que ele não me queira...

Às vezes, de ser amada

De uma forma verdadeira!

 

Hoje sou forte, valente.

Amanhã, quero um abraço!

Fragilizada e impotente

Quero dormir em teu braço!

 

img505/383/barrautopialn6.jpg

 

 Da Série: 
Eu, por mim mesma!
Milla
***

Milla Pereira
Enviado por Milla Pereira em 06/09/2007
Reeditado em 06/09/2007
Código do texto: T640765

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Milla Pereira (http://www.millapereira.prosaeverso.net/)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Milla Pereira
São Paulo - São Paulo - Brasil
2952 textos (492522 leituras)
42 áudios (7879 audições)
14 e-livros (6401 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 04:39)
Milla Pereira