Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
A paz da morte 

Horrenda musa
megera,
alma negra,
que dissimulas
neste simulacro de lápide. 

Por que te embuças
no negror da noite
e logo após, entre brumas,
num esgar te escondes?

Horrenda Musa
megera
alma negra
O quê dissimulas?

E a Musa horrenda
com voz cava troa:

A paz da morte,
o princípio do fim
nas entranhas do esquecimento.
Vinícius Lena
Enviado por Vinícius Lena em 06/09/2007
Reeditado em 21/03/2009
Código do texto: T641490
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vinícius Lena
Barreiras - Bahia - Brasil, 87 anos
467 textos (28176 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 08:53)
Vinícius Lena