Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A BOCA

A BOCA


Ah!!! A boca!!!

Que beija e que acaricia.
Que no infinito das palavras,
Diz palavras carinhosas,
Mas que também agride,
Blasfema, mente, engana, trai,
Mas também te diz: - Eu te amo.

Ah!!! A boca!!!

Que na grandeza da mulher,
Na perfeição magnífica,
Da obra prima do Criador,
Percorre todo seu corpo,
Explorando,
Beijando,
Sucumbindo a desejos...
E na duplicidade dos lábios,
Na essência do ser,
Na infinitude do prazer,
Que se sacia em bocas,
Lábios a procura de lábios...

Ah!!! A boca!!!

Dos mais puros sabores,
Dos mais nobres desejos,
Da mais linda explosão,
Do mais firme pulsar,
Do suspiro final,
De um orgasmo ideal...

Ah!!! A boca!!!

Que não tem sexo,
Que não tem nexo,
Que não tem eixo,
Que não tem queixo,
Que não tem rosto...

Ah!!! A boca!!!

Que procura outra boca,
Para se completarem por fim,
Num longo e gostoso beijo...
Lúcio Astrê
Enviado por Lúcio Astrê em 07/09/2007
Código do texto: T642001

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lúcio Astrê
Euclides da Cunha - Bahia - Brasil, 60 anos
263 textos (10231 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 01:20)
Lúcio Astrê