Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saint John's Blues

Cai a noite em meu coração agreste
Feito lágrima acre e diáfana do Nordeste
Feito suor dos filhos da puta e dos cabras da peste
Cai a noite como chuva de brasa na fogueira
Cai a noite suicida lá na ribanceira
Da dor retirante que invade o interstício
Da minha alegria fugaz que explode em fogos de artifício
Cai a noite sobre o róseo azul celeste
Daquela tarde de junho quando me disseste
Que o desejo é um vício presente no pensamento
Cai então a noite vinda do leste
E eu não sou Antônio para arranjar-te casamento
Nem João para transformar-te em sacramento
Nem Pedro para abrir as portas do teu convento
Eu sou apenas um anônimo perdido na vida
Esperando por ti no Saint John’s Blues, querida
Paulo Antonio Barreto Junior
Enviado por Paulo Antonio Barreto Junior em 18/09/2007
Código do texto: T657285
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Antonio Barreto Junior
Salvador - Bahia - Brasil, 46 anos
417 textos (6206 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 19:09)