Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Mosca

Sucumbir ao som duma doce melodia
Dormir ao som de tão suave harmonia
Melódicos sons
Que a surdez
da estrela despedaçada
Jóia rara
Naufraga
no pássaro que voa
Infinita garoa
Pisada de mestre
Afundando na lama
duma paixão ardente
E nós, clementes
e tão tristes
Tristão de Andrade
Quanta maldição
e vôo bem alto
por sobre planos de verificação
de fios e chapas
da psicologia
Estranhamente
chuta a bola
Relógio de pulso
na cabeceira
pendurei minha esposa
E voou e voou a mosca
Nunca mais voltou.

Carlos Cruz - 1989
Carlos Cruz
Enviado por Carlos Cruz em 20/09/2007
Reeditado em 23/11/2007
Código do texto: T660901
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Cruz
Miguel Pereira - Rio de Janeiro - Brasil, 45 anos
374 textos (34891 leituras)
1 e-livros (171 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 17:15)
Carlos Cruz