Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O QUE SOU?

Questiono-me feito vertigem e fumaça
Espantosa fúria que vem, passa...
Atiro-me ao vento
Reluto a farsa em protesto
Vasculho-me depois, antes observo,
Pesco a essência por completo
Sugo a seiva e me contento
Faço trilhas, cubro tetos
Neutralizo a magia lírica
Dou hora para não marcar
Marcado já é o tempo que corre, morre...
Percorro o cortiço revolto a verter lavas  bravias
Reciclo as águas cristalinas
E gozo a vida num vácuo de cinzas
Diversifico sórdidos e submissos
Analiso a epopéia do infinito
E parte de mim torna-se lenda, um mito...
ROSANA ALVES
Enviado por ROSANA ALVES em 23/09/2007
Código do texto: T664679
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ROSANA ALVES
Jaguariaiva - Paraná - Brasil, 38 anos
327 textos (15039 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 06:44)
ROSANA ALVES