Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sabonete

Bastava ela me dizer:
Não quero mais nada com você
Mas ela se calou
E agora quer ser minha amante
Quer um caso extravagante
Quer meu corpo depois e antes
E eu sempre volto à casa do seu coração

Era só ela me esquecer
E depois nunca mais aparecer
Mas ela receou
E agora come na minha mão
Anda sem coragem de dizer não
Anda perdida, sem direção
E ela sempre volta à casa do meu coração

E todo mundo quer saber
O que só a gente sabe convalescer
Ela exuberante animal
Eu delinqüente passional
Essa paixão vira loucura sem tamanho
Quando cai o sabonete durante o banho
Eu senhor da situação
Ela fêmea da dominação
E nós sempre fazemos da casa um só coração
Paulo Antonio Barreto Junior
Enviado por Paulo Antonio Barreto Junior em 01/10/2007
Código do texto: T675655
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Antonio Barreto Junior
Salvador - Bahia - Brasil, 46 anos
417 textos (6205 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 08:02)