Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Exorcismo

Quero que me exorcizem;
Por favor, alguém pode me exorcizar?
Exorcismo de meus pensamentos
de fragilidades que consomem meu ser
tenho que me travestir de outra pessoa
com esquecimentos vencidos
trazidos por uma dor latente
que não conseguem mais manter trancados
no porão de minha alma.
Alma vagante pelos corredores soluçantes.

Que me exorcizem do inferno
que me “tragam” das noites febris
bruxa malvada e suas mandrágoras
seres mitológicos e suas cicutas
abram a cortina do inferno,
e deixem o espetáculo terminar;
Outrora vivente
tão eloqüente de pensamentos vazios.

Rasgo meu corpo e o atiro no abismo,
para salvar minha alma;
Tantos transtornos
a serem escritos em páginas queimadas.

Quero execução sumária, antes de minha morte,
quero aborto espontâneo de minha tristeza.
Esvaindo-se morna carne
corre junto ao rio as lembranças de vidas passadas
e espaçados ficam meus dias
a procura de um exorcista.
   
 
 

JorgeBraga
Enviado por JorgeBraga em 06/11/2005
Reeditado em 23/01/2011
Código do texto: T68002
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JorgeBraga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 51 anos
152 textos (3360 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:55)
JorgeBraga