Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sóbria

Fechadura sua
De buraco estreito...
Ex-tragado eito
Dos caminhos.

Loucura humana,
Dê-se ao respeito!

Se ex-trava sou nua,
O latejante peito
É pra ceifar espinhos.

Posso voar
Neste  momento.

Mas nunca pouso
E nem me fixo a instantes,
Se o meu sonhar
Já não tenha
Aterrissado antes.
 

Zully Oney Teijeiro Pontet
Enviado por Zully Oney Teijeiro Pontet em 07/11/2005
Código do texto: T68597
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Zully Oney Teijeiro Pontet
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 59 anos
219 textos (13426 leituras)
1 áudios (112 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:15)
Zully Oney Teijeiro Pontet