Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MAREANDO...










Mareando...

Horizonte matizando mar azul, sol ardente
Chegando. Osculando vagas ondas. Lábios rubros
Lasciva a língua ,braço-de-mar a areia quente.
Despertam grãos e corpos em arrecifes escuros...

Espumas brancas, mareiam corpos nas ondas frementes
Indo e vindo vem e vão, lambem desvendando rumos
Nas fendas lousas, mar a areia oscula. Caricias pungentes
Nas brancas espumas como gozos nos sexos fortuitos...

Mareio... Desvairo ansiando amor, de amor eloqüente
Ser um grão de areia somente ! Grãos amantes pungidos
Em pélagos, profusões eu grito! Balouçada descrente...

Desperta esputar o silencio, amargor entre meus dentes
Mareando alvitre. Colossal oceano no infinito refletido
Na brisa dessecada doidos, eclodi no corpo as sementes.


Deth Haak
8/11/2005
Deth Haak
Enviado por Deth Haak em 10/11/2005
Código do texto: T69555
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deth Haak
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 57 anos
547 textos (65345 leituras)
50 áudios (9714 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:04)
Deth Haak