Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mente E Computador

A minha mente é confusa como um labirinto mitológico
As idéias vêm e vão e nunca chegam na hora marcada
São idéias que assombram os cantos mais escondidos
E ficam quietas me espreitando
Numa tocaia mental para me levar onde nunca estive
Eu vou porque não me resta opção
A minha mente possui paredes negras e brancas
Onde estão pendurados os quadros das lembranças
E das alegrias que se tornam tristes
E das tristezas que me contentam e me fazer sorrir
A minha mente tenta entender silenciosamente
O que as outras mentes não conseguem capturar
As outras mentes se parecem com a minha mente
São mentes que parecem normais
Mas que no fundo são emaranhados
De problemas e questões mal resolvidas
A minha mente é uma tempestade
Onde tudo acontece quando menos se espera
Na minha mente mora uma fera
Que hiberna em uma caverna de instintos
A minha mente é um baú de pecados e culpas
E também é um livro de histórias e promessas
De histórias que quero viver novamente
E de outras histórias que desejo esquecer
Mas a minha mente não me deixa esquecer
A minha mente é meu computador
Paulo Antonio Barreto Junior
Enviado por Paulo Antonio Barreto Junior em 17/10/2007
Código do texto: T697723
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Antonio Barreto Junior
Salvador - Bahia - Brasil, 46 anos
417 textos (6205 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 12:42)