Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudades da placenta ou...

...meu primeiro lar ou, ainda,
monólogo de mãe ou, ainda mais,
uma imensa bola de neve


- Perdoe minha indiferença, meu bebê,
Mas quando olhares nos meus olhos
Você não a reconhecerá...

- Certamente não compreenderás uma palavra
Do que eu te disser (agora ou jamais),
E nem terás como pedir por um significado sequer...

- Tudo se transformará numa imensa bola de neve,
E tua mente já confusa,
Difusa em pensamentos que não existem,
Estará deixando para trás
A imaginação do mundo,
A (contra) concepção sua e dos outros,
A noção de apenas ser
Um feto desatento que, ao nascer,
Esqueceu seu coração lá dentro.

Dez de AbriL de MiL Novecentos e Setenta e Oito.
Teco Sodré
Enviado por Teco Sodré em 11/11/2005
Código do texto: T70189

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Teco Sodré
Salvador - Bahia - Brasil, 38 anos
274 textos (12534 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 09:57)
Teco Sodré