Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sem medidas exatas
Com contornos inexatos
Ainda a minha revelia
Goteja desse meu pouco caso
Um desejo que não pondera
Um querer que desconsidera
Um raso rastro da minha poeira
Que fez questão nenhuma de marcas
Se me venho toda disposta em retalhos
Se me quedo em minhas mãos
Indo pela direção oposta
Era-me um breve amanhã destro
Despido de felizes raios
Foi não mais o que esperava
Acabou por escapar ao acaso
Tal qual sorte não anunciada
Reivindica-me um ato cru
Que se apossa, como possível
Um improvável átomo furta-cor.
Rose Stteffen
Enviado por Rose Stteffen em 30/10/2007
Reeditado em 21/04/2011
Código do texto: T715778
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Rose Stteffen). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rose Stteffen
São Paulo - São Paulo - Brasil
1347 textos (177583 leituras)
15 áudios (1868 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 03:10)
Rose Stteffen