Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PINTOR

PINTOR
...Seus passos e traços tão delicados
É a inspiração  que eu quero
Puxo-lhe de uma vez pra cá
Nessa bela chuva de Dezembro
Ainda vejo rosas entre os pingos
São de tons e cores  de amarelo

Somente ainda não paramos
De correr por que gostamos do vento
Batendo em nossos rostos
E cotando a velha e boa historia
Que nunca acabou com o tempo

Já sei o que, hoje vou fazer
Estou mesmo livre
Não estou aqui. Estou  perto  DALÍ
Estou com outro troco
Não dez, mas VINCI
No meu caso, é assim que se vive...

Numa aquarela de novas cores
Que não mais tem fim
Entre a sua a beleza e a natureza,
A vida e toda essa grandeza
Sou grande, tenho muitos amores.
Aluísio Bórden
Enviado por Aluísio Bórden em 10/11/2007
Código do texto: T731312

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluísio Bórden
Teresina - Piauí - Brasil, 43 anos
232 textos (10603 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 23:57)