Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto









“DO VENTRE DA MAMÃE”.

              

 

 

Dentro do ventre eu via

Um mundo claro lá fora,

Sem caneta eu escrevia

O rumo da minha história.

 

Quase sempre eu me perdia

Como estou perdido agora,

Lá minha mãe me protegia

Por isso hoje a memória.

 

Com nove meses, eu nascia,

Sem preguiça, sem demora,

Desde então, as poesias...

Daqueles tempos de outrora.

 

Às vezes as fantasias...

Faz-me voar mundo afora;

Meu vicio todos os dias

Desde o romper da aurora.







 

Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 19/11/2007
Código do texto: T743303
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Antonio Hugo
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 60 anos
3911 textos (260894 leituras)
185 áudios (36391 audições)
9 e-livros (7425 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 18:33)
Antonio Hugo

Site do Escritor