Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Bailado

Bailam seres sem cor
Almas sem pudor
Pelo ar planando
Sem espaço nem quando
Bailando um bailado
Num espelho quebrado
Se vêem dispersos
Em lados diversos.
E eu com eles sigo
E a mim persigo
Cá dentro no encalço
Da dor me descalço.
Recorto meus passos
Largados e lassos
Vejo-me a dobrar
Dupla presa a bailar.
Bailando comigo só
Eu e eu pó ante pó
Pé após pé repisado
Tombado e recalcado.
E então de repente
Eu e eu somente.
E olhando de lá
Para o lado de cá
Acordo-me nua
No meio da rua.
RoqueSilveira
Enviado por RoqueSilveira em 21/11/2007
Código do texto: T745873

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar a autoria de M. Conceição Roque da Silveira e o site www.letrasdispersas.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
RoqueSilveira
Portugal
235 textos (8624 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 15:32)
RoqueSilveira