Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

>AGORA EU SEI*

Como o mundo gira sem parar
Na terra o visível traz segredos
No cultivo nem tudo vai vingar
Na música cada um com seu enredo
No fogo a fumaça traz torpedo

Na mala o que bem aprouver
O “homem” é o pior selvagem
Que o sol aquece a qualquer
Na roda gigante a vantagem
Na cabeça distinta bagagem

No dilema incertezas fugazes
Na palavra a criação sentimentos
Do amor santas luzes vorazes
Na brevidade enganos tormentos
Agora Eu Sei da rapidez só lamento

NB. “homem” a humanidade
Mote do Fótum do RL
Sonia Nogueira
Enviado por Sonia Nogueira em 03/12/2007
Código do texto: T763145

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Sonia Nogueira
Fortaleza - Ceará - Brasil
2360 textos (127418 leituras)
12 e-livros (650 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 17:40)
Sonia Nogueira

Site do Escritor