Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

HOMEM DE METAL

Um canto de pássaro de ferro, ferrolho, olho, válvulas em cópulas.
Som mudo sofisticado, inanimado com o tempo... Se vendo irremediável vencido.

Máquinas, suásticas, corrompidas e feridas, sonhos sugados, vidas voando esquisitas.
Monte de atalhos se defrontando com as cruzes pelos caminhos, abertos, rachados e traçados.

Contínuas mesmices querendo beber do por do sol, teto esmaltado pela dor,
Do quinhão disso tudo, sofrido, motor concluído, explosivo e avariado.

Asas quebrando, mundo caindo, a aurora lá se firmando em universo.
Paginas contas, matemática, ciência, barrenta, despida, fingida, acenando pra ninguém.

Metal cansado, derretido, forma cilíndrica enquadrada nesta louca viagem de ida.
Solta seu grito agora, e sente o fuso te olhando, meta-se dentro do tempo que se vai indo...

Metal cansado, derretido, forma cilíndrica enquadrada nesta louca viagem de ida.
Solta seu grito agora, e sente o fuso te olhando, meta-se dentro do tempo que se vai indo...

Gueko
Enviado por Gueko em 04/12/2007
Código do texto: T764875

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gueko
São Mateus - Espírito Santo - Brasil, 51 anos
814 textos (34020 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 17:43)
Gueko