Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Viver é assim

Por não saber guiar o leme,
embarcação toma rumo oposto.
Vento sopra,vela que treme,
ligeiro nervoso estampado no rosto.

barco ao mar sem rumo aparente,
vãs tentativas não corrigem percurso.
Meio desgovernado pró-corrente,
surgi desespero, acaba-se recurso.

Vem sublime calmaria repentina,
rende-se fúria das ondas a mansidão,
paira brisa em tal paisagem divina,
perplexo, grande é admiração.

embreagado com tamanha beleza,
subtamente emergi a nitidez.
Mostra ao coração o que é certeza,
retomo o leme firme outra vez.

Segui em frente mar a fora,
confiante, tal tormenta vencida.
Direciona a proa, horizonte, vai embora.
Ela,embarcação chamodo... "vida"
Ciro Sérgio
Enviado por Ciro Sérgio em 26/12/2005
Reeditado em 21/09/2011
Código do texto: T90635
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ciro Sérgio
Itabuna - Bahia - Brasil
27 textos (4110 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:51)
Ciro Sérgio