Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O vôo da alma

O Vôo da Alma

Toda dengosa
Vestindo branco e rosa
No por do sol  ela saiu a passear.
Na bagagem  levava a coragem.
Carregava só o que na  mente  continha,
Porque mais nada lhe interessava  levar.
Se  despiu da pesada  fantasia,
Tirou os   adornos,
Perdoou  os transtornos,
Invernos e outonos.
Se desfez das tralhas, retalhos e mortalhas
Se banhou com água de cheiro,
Colocou flor no cabelo,
Se arrumou com todo zelo.
Se trajou de  branco iluminado
Com reflexos levemente dourado
Ajeitou a fita rosa da cintura,
E amou aquela  nova criatura.
Se colocou em pé, com toda fé.
Olhou para o sapato de salto,
Jogou tudo pro alto,
Se despediu da boneca , da peteca.
De soslaio lançou ainda
Um ultimo olhar.
“ Eureca”
Consciente soprou para o vento
As cinzas que restavam do tempo.
Com cuidado
Guardou bem guardado
A infância  de porcelana
A  juventude de sonhos dourados
E a vida, com  marcas cristalizadas.
Beijou os filhos queridos
Guardou-os  na palma de sua  mão
E amorosamente a levou ao coração
Se despediu do grande amor
Já não existia mais dor.
Com quietude
Fechou atrás de si a porta
E calmamente  pensou ...
Há !!!  nada já me importa ...
Agora  sei que não estou morta ..
Caminhou pelas veredas
Se embrenhou na mata
Ouviu  o som da cascata
Se encantou com beleza da natureza
Sorriu para as flores
Passou em revista a vida
E sem dores, sem feridas
Fez a viagem pretendida
Ouviu o canto  dos pássaros,
Mirou o arco iris
Abriu suas belas  asas
E encantada
Voou
Buscadora
Enviado por Buscadora em 01/02/2006
Código do texto: T106935
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Buscadora
Imbituba - Santa Catarina - Brasil
57 textos (3886 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:39)
Buscadora