Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
LUA

Linda e terna estrela luzente
Que doura a face do céu
Anjo inspirador de poesia
desnudando-a do feio véu
Transformando-a em seda,
Em brisa alada abençoada,
Que dão tom e cor ao papel

Sem amigos , és solitária
A fazer sonhar os amores
nada nunca te ofuscará,
nem o brilho de falsas flores,
que perfumam todo o salão,
e se escondem do teu clarão,
para não reconhecer penhores

Oh! Lua viva de vertigens, mil
Tua auréola intensa e brilhante,
Ilumina minha errante alma,
Ilumina todo o meu semblante,
Tesouro d’almas puras revelas,
lanças à luz de sombrias velas,
segredos de asas cintilantes

Raias e enches o céu de graça
Refletes toda a bondade eterna
Jorra de ti, tantos e gentis clarões
Puro quadro de arte moderna,
de pintor renomado e sublime
Que com pincel a alma imprime
com traços e cores tão ternas

Cândida lua de suave palidez
Que pensas quando no horizonte,
surges tão majestosa e linda ?
não desvendas tua doce fronte
manténs misteriosa e encantada,
tua face, em plena madrugada,
fazendo que a saudade aumente

Lua, belo e romântico astro
Luz da cidade , luz do sertão
Que com alvura e candura
Desfila só e emite intenso clarão
Dá a noite muitos encantos
Enxuga e consola os prantos
Brilhando forte na imensidão


Malubarni
Enviado por Malubarni em 02/04/2006
Código do texto: T132603

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Malubarni
Vila Nova De Gaia - Porto - Portugal
595 textos (118351 leituras)
2 áudios (277 audições)
3 e-livros (397 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 12:08)
Malubarni