Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Queda

Da última vez que experimentei o ar
Estava a olhar da ponte o rio que passava...
Foi quando, nas omoplatas,
Duas mãos fortes me empurraram
E eu fui abismo abaixo

Não consigo descrever
O que se passou em mim enquanto caía,
Mas lembro-me que na hora recordei
Dos pesadelos que caindo tinha...
Eu não gostava muito de tê-los.

De tantas vezes que os tive
Passei a reconhecê-los enquanto dormia
E, no sonho, passava a me dizer,

É só um pesadelo, acorde, acorde...

Então acordava
 
Desta vez, enquanto caía, percebi
Que era mais difícil convencer-me
De que aquilo não passava de uma ilusão

As realidades dos sonhos que eu tinha
Eram terríveis, os medos eram mesmo
Parecidos com os da vida, de tal forma
Que eu mesmo, em sonho, chegava a duvidar,

Desta vez é real, é real... Pensava

O sofrimento só terminava
Quando me estatelava sobre a rocha...

Mas desta vez eu caía de verdade...

As mãos que sempre buscava
Vieram de encontro a mim
A me mostrar um gesto humano...
Sebastião Alves da Silva
Enviado por Sebastião Alves da Silva em 07/04/2006
Reeditado em 14/04/2006
Código do texto: T135542
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sebastião Alves da Silva
Imperatriz - Maranhão - Brasil
687 textos (27272 leituras)
2 áudios (87 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 08:47)
Sebastião Alves da Silva