Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pateticamente patético

Pelas ruas da cidade ando
Madrugadamente pensando
Sensivelmente sentindo
Desesperadamente querendo,
Uma coisa ainda não dita,
Não ouvida

Na madrugada estou
Comovidamente estático
Rarefeitamente esperando
Obscuramente interrogando
Por uma carta que enviei
Para um destino que não sei
Contendo uma palavra que esqueci
Que revela uma sentimento que senti
Uns gestos que inventei
A parte de mim que decifrei
A busca que alcancei
Num labirinto que não sei...

Pelas ruas da cidade ando
Madrugadamente pensando
Comovidamente estático...
Numa hora neutra fico
Pateticamente olhando...
Pateticamente esperando...
Pateticamente patético...
Sebastião Alves da Silva
Enviado por Sebastião Alves da Silva em 24/04/2006
Código do texto: T144248
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sebastião Alves da Silva
Imperatriz - Maranhão - Brasil
687 textos (27272 leituras)
2 áudios (87 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:28)
Sebastião Alves da Silva