Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Do que é corruptível

Num gesto de amor uma grande paixão
A gente nasce e cresce
Mas o tempo nos torna tão desiguais
Tão desiguais
Cada um olha pra si e não sabe ver
Reconhecer o outro e vive a sufocar
Como deuses
No olimpo a brincar de campo de guerra
Intitulam-se donos do nosso destino
Despreocupados correm a terra
Montados em nossas costas
Mas nunca seremos iguais
O que é corruptível se findará
O tempo há de se encarregar
Ai, permanecerá, tão somente,
a sombra de nossos gestos.
FareloJr
Enviado por FareloJr em 10/05/2006
Reeditado em 10/05/2006
Código do texto: T153428
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FareloJr
Salesópolis - São Paulo - Brasil, 46 anos
106 textos (12011 leituras)
6 áudios (870 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 18:47)
FareloJr