Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A MINHA JANELA



A minha janela é espacial,
atravéz dela
tenho uma visão
especial,
celestial.
Vejo almas brancas
vejo estrelas
abandonadas
e os cometas...
eu não sei
a qual  distância  estará o meu amor
e o que ela estará fazendo agora?

A minha janela
corta o vento do quintal.
Dela ainda escuto
a mensagem,
afinal.
O que estará dizendo o vendaval?

Da minha janela
eu apenas consigo ver
o resumo da minha vida
e os restos do consumo
da minha bebida.

Eu espero,
ser o mais amado
o mais feliz
a enxergar o horizonte
pelas frestas da minha janela.

Na minha janela tem alegria
tem tijolos feitos de barro;
pela minha janela os raios do luar
penetram toda a essência
das minhas palavras.
É através da minha janela
que atravessam as bitucas do meu cigarro,
por onde escuto o roncar de todos os carros,
é ali que canto todos os meus versos
e os dedico
aos sentimentalistas
do universo.

- AVIENLYW - (8/12/2001 )

WILDON LOPES
Enviado por WILDON LOPES em 03/06/2006
Código do texto: T168783
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("você deve citar a autoria de AVIENLYW e o site www.wildon.com.br"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
WILDON LOPES
São Paulo - São Paulo - Brasil, 57 anos
269 textos (14455 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:43)
WILDON LOPES

Site do Escritor