Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

(...) Começa assim

(...)
Começa assim
Quando morrer espero desfazer-me em pó
nem céu nem inferno me atraem
apenas morrer
não vou me queixar de nada
nem justificar meu pedido
culpar alguém também não
apenas morrer eu quero
nada de continuação, volta, ou recomeço
quero que está, que a cá estou,
seja a ultima de todas as passagens
mesmo que seja a primeira;
nada de Deus, nem Diabo;
sem disputas, questões, ou julgamentos
nem demônios, nem arcanjos
tentem me convencer:
de tudo isso ao contrario
do que vale a continuação..
pelo menos assim eu acho;
se não for isso, se apresentem,
mostrem, provem;
e então..., antes que todos fiquem bravos,
tanto os sagrados do escuro como os do claro.
melhor parar (...)
fico por aqui
maiores informações, falem comigo
espero assim, estar podendo ajudá-los
Animus
Enviado por Animus em 12/06/2006
Código do texto: T173832
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Animus
Guarulhos - São Paulo - Brasil, 28 anos
46 textos (3143 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:50)
Animus