Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Olhar alado vôo, liberdade!

N’um cubículo estreito
Fechado sem brisa...
Um olho te olhava,
Você falava, falava...
O outro de soslaio espiava
(pela fresta da janela fechada),
Você reclamava, exigia...
Eu, olho de vidro observava,
O outro brilhante avistava
A copa das arvores ao longe,
Verdes balançavam aos ventos.
Você maldizia!
Pela fresta, impávido contemplava:
Céu azul, nuvens passeando...
Você berrava, sufocava...
Não mas te ouvia,
Liberdade pairava em céu aberto...


Jamaveira
Enviado por Jamaveira em 14/06/2006
Reeditado em 07/07/2006
Código do texto: T175271
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jamaveira
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 62 anos
1943 textos (95975 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:11)
Jamaveira