Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PERSONA



Por quê a água do fundo do poço
É mais longe ao velho
E mais perto ao moço
E equidistante
O bastante
Na película dos olhos?

Por quê amar mais a mãe do que o pai
Ver no menino a moça e nela o rapaz
E afugentar o equilibrista
Que some de vista
Quando o arame é fugaz?

Por quê domar o leão no coração do circo
Se no circo do coração não se doma o leão
Que o palhaço sempre esconde
sob a sombrinha que guarda ao longe
A gargalhada do animais?

Por quê não se dizer sim
Quando se é nô
Se a face desfaz-se
Num olhar retrô
Levantar a venda
E ver que acabou
A divina comédia
De um dantesco sou?

Preto Moreno




















 
Preto Moreno
Enviado por Preto Moreno em 24/06/2006
Código do texto: T181540

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Orivaldo Grandizoli). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Preto Moreno
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil
6777 textos (102516 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 17:00)