Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Perdoa-me, Senhor!


Perdoa-me, Senhor!
Sou erro, sou um grande pecador,
Às vezes sou um poço de desamor,
Arrasto-me sob o fardo que carrego,
Sob os males que cometi, não nego,
Perdoa-me, ó Grande Criador!

Quantas vezes ofendi a ti,
Quantas vezes ofendi ao irmão,
Esqueci as rezas e a contemplação,
Era somente egoísmo, altivez,
Agia com uma grande estupidez,
Olhava tão-somente para mim.

Encontrei-te a tempo de me redimir,
Limpa-me das minhas várias sujeiras,
Fazei-me que a minha alma seja ordeira,
Dai-me fé para prosseguir pelo vosso caminho,
Mesmo sabendo que esse trajeto é repleto de espinhos,
Fazei que as vossas escrituras sejam um eficaz elixir.

Auxilía-me nas minhas preocupações,
Que eu consiga realizar os meus poucos sonhos,
Tira-me desses numerosos pesadelos medonhos,
A qual a minha vida esta sendo intensamente exposta,
Ouve-me, por favor, e dai-me uma frutífera resposta,
Perdoa-me, Senhor! Sou de fato pecador!
Mas mesmo assim peço o vosso auxílio
A fim de que eu acabe com o meu martírio
E que, enfim, seja feliz no vosso amor.




Todos os Direitos Reservados pelo Autor.
Fábio Pacheco
Enviado por Fábio Pacheco em 05/07/2006
Reeditado em 05/07/2006
Código do texto: T187741
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fábio Pacheco
Recife - Pernambuco - Brasil
1095 textos (55956 leituras)
10 áudios (233 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 16:01)
Fábio Pacheco